LÉVINAS – Publicação de “La compréhension de la spiritualité dans les cultures française et allemande”

GT Levinas

Foi publicado recentemente pela Rivages Poche o texto de 1933 “La compréhension de la spiritualité dans les cultures française et allemande”, único escrito em lituano e publicado pela primeira vez na revista Vairas.

O livro pode ser adquirido pela Amazon.fr clicando aqui.

91E9wiNIUhL._SL1500_“Cette étude a pour but de souligner ce qui caractérise le plus nettement les cultures spirituelles française et allemande”. Ce texte de Levinas, resté longtemps inédit, a été écrit en 1933, la même année que le discours du Rectorat de Heidegger. C’est le seul texte porté à notre connaissance écrit en lituanien. Nous ignorons les circonstances exactes dans lesquelles Levinas l’a rédigé. Il fut publié une première fois dans la revue Vairas, à Vilnius.

View original post

Publicado em A ALTERIDADE, A CULTURA, A VIDA, ÉTICA, EMMANUEL LÉVINAS, O PROBLEMA DA CONSCIÊNCIA, VIA HIPERBÓLICA | Publicar um comentário

O HUMANO – CORDA ESTENDIDA SOBRE O ABISMO? – REFLEXÃO 1

06-FO homem seria a tensão existencial de uma transformação sempre iminente e permanente, de uma “temporalidade afetiva” irredutível em que a “fragilidade afetiva” é também “potência afetiva”, em que entre o “tudo” e o “nada” nos compreendemos como “humanos” e, para além do gênero lógico e da espécie biológica, nos tornamos – apesar de “humanos-demasiado-humanos” – “mais-que-humanos”. Entre o Caos e o Cosmos, o Dionisíaco e o Apolíneo, o Consciente e o Inconsciente, o homem seria esta “corda tensa sobre o abismo”? O que isto significa? O que haverá do outro lado? Em quais extremos ela se fixa?

Prof. Cristiano Cerezer – cristianocerezer@gmail.com

 

Publicado em A IDENTIDADE PESSOAL, A VIDA, ANALÍTICA EXISTENCIAL E HERMENÊUTICA DA FACTICIDADE, PSICANÁLISE EXISTENCIAL | Publicar um comentário

“REENCONTRAR O IMPREVISÍVEL” – FENOMENOLOGIA CONTEMPORÂNEA E ANTROPOLOGIA FENOMENOLÓGICA

Publicação de “Rencontrer l’imprévisible”

Publicado em 06/04/2013 por

rencontrer-l-imprevisible

 

Com a colaboração de Flora BASTIANI, Jan BIERHANZL, Jean-Christophe GODDARD, Lukas HELD, Yasuhiko MURA- KAMI, Monika MURAWSKA, Masumi NAGASAKA, Luka NAKHUTSRISHVILI, Délia POPA, Jean-François REY, Jean-Michel SALANSKIS, Svetlana SHOLOKHOVA, Yuen-Hung TAI e Anna YAMPOLSKAYA, Le Cercle Herméneutique publicou essa coletânea de textos que se propõem pensar a partir da questão da alteridade como redefinir e reinterpretar a fronteira entre interioridade e exterioridade. São aí retomados conceitos fundamentais de Henry, Levinas e Maldiney.

Via: http://gtlevinas.com/novidades/

 

Publicado em BIBLIOGRAFIA, O QUE É A FENOMENOLOGIA?, PSICOLOGIA FENOMENOLÓGICA, TEMAS DIRETORES | Publicar um comentário

TIRINHAS FILOSÓFICAS III – BORRACHEIRO, AS COBRAS, BICHINHOS DE JARDIM

borracheiro1AS COBRINHAS pág 127 tirinha 4bdj-100924-web

Publicado em ARTE E FILOSOFIA | Publicar um comentário

TIRINHAS FILOSÓFICAS II – MAFALDA, LAUROS, CREEP

mafaldachargecreep_sartre_site

Publicado em ARTE E FILOSOFIA | Publicar um comentário

TIRINHAS FILOSÓFICAS I – AS COBRINHAS, UM SÁBADO QUALQUER, JOANINHAS

 

NOVELAS GRÁFICAS E BANDAS DESENHADAS PARA RIR E PENSAR100909_Cobras03_550618joaninha

Publicado em ARTE E FILOSOFIA | Publicar um comentário

CURSO – “A FILOSOFIA SOB O RISCO DA LITERATURA” – UNB

Curso “A filosofia sob o risco da literatura” na UnB

Publicado em 24/07/2013 por

Durante os meses de novembro e dezembro, o Programa de Pós-graduação em Literatura (PÓSLIT) da UnB promoverá a Escola de Altos Estudos Capes com a participação da professora Danielle Cohen-Levinas, responsável pelo Collège des Études Juives et de Philosophie Contemporaine – Centre Emmanuel Levinas e pesquisadora associada nos Arquivos Husserl/ENS Paris. A professora Cohen-Levinas representa, hoje, uma das mais profícuas pensadoras que tem se debruçado sobre o pensamento francês contemporâneo, sobretudo nas figuras emblemáticas de Emmanuel Levinas, Jacques Derrida e Jean-Luc Nancy.

Reproduzimos abaixo a ementa do curso e um link para acessar o arquivo pdf com maiores informações. As inscrições ocorrerão na Secretaria do PÓSLIT (ICC Sul – B1-12).

Este programa se apresenta na forma de seis cursos que tentarão abordar a questão da irredutibilidade literária em face do maciço filosófico. Desde a ideia de Nietzsche segundo a qual o drama filosófico, ou seja, esse de Platão, não leva em conta nem a tragédia, nem a comédia, mas o gênero épico de acordo com o modelo homérico, vamos analisar o estatuto e a função da narrativa e do relato no cerne da filosofema, e ver como o relato, especialmente no século XX, trabalha o conceito, dando-lhe assim um novo fôlego, uma nova vitalidade. A literatura foi um lugar de invenção de novas línguas e novos idiomas, um lugar que permitiu a filosofia se renovar e se abrir ao que poderia ser chamado de uma dimensão de
interpelação. Como sair da tradição romântica que quer que a Vorstellung (representação) seja perfeitamente distinta do Begriff (conceito)? Nós faremos uma seleção de textos, autores e filósofos desde os quais a questão do “risco” está sensível e veremos como o atrito entre a literatura e a filosofia permite, tanto à literatura quanto à filosofia, entrelaçar registros de línguas, de preocupações, registros que têm por objeto as questões dos testemunhos, da responsabilidade, da ética, da política, da comunidade. Em que a ficção diz a verdade e sobre o que ela a diz? Em que sentido a filosofia representa uma ficção, a desconstrói no ponto de tornar-se uma ficção especulativa? A significação narrativa pode tornar-se um modelo para a significância ética? Vamos buscar os textos de Walter Benjamin (Infâncias berlinenses e O narrador), os ensaios de Maurice Blanchot sobre Proust e Kafka, os textos de Derrida sobre Joyce, Rousseau, Santo Agostinho (Circonfessions), bem como livros, Políticas da amizade e Paixões da literatura; os textos de
Levinas sobre alguns escritores, sobretudo Proust, a literatura russa e o comentário sobre La folie du jour de Blanchot e os textos de Bataille. Também vamos trabalhar na obra de Philippe Lacoue-Labarthe e JeanLuc Nancy, O Absoluto Literário.

Plano de Ensino da Escola de Altos Estudos CAPES

Via: http://gtlevinas.com/2013/07/24/curso-a-filosofia-sob-o-risco-da-literatura-na-unb/

 

Publicado em EMMANUEL LÉVINAS, EVENTOS/CURSOS, FENOMENOLOGIA FRANCESA | Publicar um comentário